Local destruído após operação dos EUA na Síria
Reprodução/Youtube/FRANCE 24 English
Local destruído após operação dos EUA na Síria

As forças especiais dos Estados Unidos realizaram uma operação contra um líder jihadista na Síria nesta quinta-feira (3) e mataram, ao menos, 13 pessoas, informou a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Entre as vítimas, estão quatro crianças e três mulheres.

A área da ação, que durou cerca de duas horas, fica próxima à fronteira com a Turquia. Conforme a organização, os soldados chegaram de helicóptero e pousaram próximos ao campo de refugiados de Atme, na região de Idlib.

De acordo com o diretor da ONG, Rami Abdel Rahman, essa foi a maior operação da coalizão liderada pelos norte-americanos desde outubro de 2019, quando foi morto o então líder do grupo terrorista Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi.

Apesar da maior parte das vítimas serem civis, o Pentágono classificou a "missão antiterrorista" como um "sucesso" e informou que não houve mortes entre os militares.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários