Donald Trump discursando enquanto era presidente dos EUA
Reprodução/Twitter
Donald Trump discursando enquanto era presidente dos EUA

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, intimou o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , e os dois filhos mais velhos dele exigindo um testemunho em uma investigação civil sobre as práticas de negócios da família, segundo um processo judicial tornado público neste segunda-feira (3).

As intimações para o ex-presidente, Donald Trump Jr. e Ivanka Trump são resultado de uma investigação "sobre a avaliação de propriedades pertencentes ou controladas" por Trump e a empresa dele, a Trump Organization, de acordo com o documento.

A tentativa da procuradora-geral de conseguir o depoimento de Trump foi relatada em dezembro, mas, nesta segunda houve a primeira revelação pública de que os investigadores também buscavam informações de Ivanka e Donald Trump Jr.

O esperado é que a família entre com papéis judiciais para anular as intimações. O inquérito de James é focado em descobrir se Trump inflou o valor de algumas de suas propriedades para garantir empréstimos bancários e reduziu esse valor para ter maiores benefícios fiscais.

A procuradora teve acesso a uma série de documentos relacionados à investigação e examinou diversas propriedades da Trump Organization. Caso James encontre evidências de irregularidades, ela pode abrir um processo, mas não consegue apresentar acusações criminais, já que a investigação é na esfera civil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários