Local do acidente e o general Bipin Rawat
Reprodução
Local do acidente e o general Bipin Rawat

O general Bipin Rawat, chefe das Forças Armadas da Índia, morreu nesta quarta-feira (8) em um acidente de helicóptero no sul do estado de Tamil Nadu. A queda da aeronave resultou no falecimento de outras 12 pessoas.

De acordo com a Força Aérea da Índia, Rawat estava viajando com sua esposa, Madhulika, e outros oficiais. No geral, apenas uma pessoa sobreviveu à queda do helicóptero Mi-17, que é de fabricação russa.

"Sua morte prematura é uma perda irreparável para nossas Forças Armadas e para o país", escreveu o ministro da Defesa indiano, Rajnath Singh.

Rawat tinha 63 anos de idade e era muito próximo do primeiro ministro da Índia, Narendra Modi. Ele estava na função há quase dois anos.

Leia Também

A aeronave já estava se preparando para aterrissar no momento em que aconteceu a queda. O único sobrevivente do acidente foi o capitão Varun Singh, que está hospitalizado em Wellington.

Segundo informações da Força Aérea da Índia, uma investigação foi aberta para apurar as causas da tragédia.

"Trabalhamos juntos nos últimos anos. É uma grande perda para a nação. Estou profundamente chocado", declarou Subrahmanyam Jaishankar, ministro das Relações Exteriores da Índia.

O helicóptero Mi-17, que entrou em serviço pela primeira vez na década de 1970 e é amplamente utilizado pelos serviços de defesa em todo o mundo, esteve envolvido em uma série de acidentes nos últimos anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários