Cidadãos da Holanda protestam contra medidas de restrição da Covid-19
Foto: Reprodução
Cidadãos da Holanda protestam contra medidas de restrição da Covid-19

Manifestantes incendiaram carros, latas de lixo, dispararam fogos de artifício e vandalizaram ruas da Holanda em um protesto contra as novas medidas de restrição adotadas para conter o avanço da covid-19.

Segundo a imprensa da cidade de Rotterdam, várias viaturas de polícia foram destruídas. Policiais atiraram para dispersar os manifestantes.
"Uma manifestação no Coolsingel [região central de Rotterdam] resultou em tumultos. Em vários locais foram provocados incêndios, disparados fogos de artifício e vários disparos [de alerta] da polícia. A polícia está presente em grande número e tenta restaurar a ordem", escreveu o departamento no Twitter.

O jornalista Sotiri Dimpinoudis relatou os confrontos pela rede social. "A maioria dos 'manifestantes' anti-lockdown no confronto de Rotterdam são imigrantes estrangeiros. Os confrontos com policiais foram feios na cidade. Relatórios apontam que foi uma ação planejada com antecedência nas redes sociais", escreveu.

Com a vacinação estagnada em alguns dos países, a Europa vive à sombra de uma nova onda de covid-19, fato que motivou uma nova leva de restrições. Na semana passada, Mark Rutte, primeiro-ministro da Holanda, anunciou um lockdown de três semanas. Shows e eventos foram cancelados, e o comércio terá o seu horário reduzido.

Nos vídeos divulgados nas redes sociais, é possível ver uma pessoa baleada em meio à confusão. Segundo Dompinoudis, o homem morreu ao entrar em confronto com os policiais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários