Vulcão Cumbre Vieja
Reprodução Redes Sociais
Vulcão Cumbre Vieja

Desde o dia 19 de setembro o  vulcão Cumbre Vieja está em atividade sísmica nas Ilhas Canárias. Neste fim de semana, vulcanólogos comunicaram que o vulcão está aumentando sua força explosiva depois de 50 dias em estado eruptivo.

Especialistas afirmam que o vulcão ainda está muito ativo e não há previsão para o fim das explosões. Além disso, no momento, a expelição de lava e de cinzas vulcânicas está maior. 

Segundo as autoridades espanholas, o aumento de emissão de lava não deve ser sinônimo de mais destruições, visto que o magma está deslizando pelos caminhos já abertos ao longo da erupção. Por isso, o que se consta hoje é um crescimento na altura do material solidificado.

Desde sua primeira atividade sísmica, o vulcão já destruiu centenas de casas e evacuou quase 7.000 moradores e continua amedrontando o arquipélago das Canárias. A lava do Cumbre Vieja atingiu uma área equivalente a 980 campos de futebol, destruindo cerca de 56 quilômetros quadrados. 

Leia Também

Ademais, a consequência dessas erupções que parecem infinitas é a má qualidade do ar. Nos arredores e dentro da ilha, é obrigatório o uso de máscara PFF2.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários