Manifestantes escalaram o prédio do Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais
Divulgação/Animal Rebelion
Manifestantes escalaram o prédio do Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais

Manifestantes da organização Animal Rebellion, defensora dos direitos animais, escalaram neste terça-feira (26) um prédio do governo do Reino Unido, exigindo uma mudança nacional para uma dieta baseada em vegetais.

A própria organização divulgou em suas redes sociais, onde soma milhares de seguidores, o momento em que escalam e penduram faixas no prédio do Departamento de Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais, em Westminster.

Na publicação, a Animal Rebellion exige posicionamento dos líderes mundiais na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 e cita a Amazônia.

"Carne e laticínios são uns dos principais produtores de gases que causam o efeito estufa, além de ser a causa de 90% do desmatamento na Amazônia. Os líderes mundiais na COP26 não podem falar sobre o cumprimento das metas climáticas sem abordar que nosso sistema alimentar está destruindo nosso planeta", afirmam.

A Animal Rebellion afirma que pretende permanecer no prédio até que o primeiro-ministro Boris Johnson prometa cortar todo o apoio do contribuinte à pecuária.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários