Criminosos usam cobras para fazer assassinatos parecerem acidentes
Ivan Mattos/Zoológico de Brasília
Criminosos usam cobras para fazer assassinatos parecerem acidentes

Uma nova forma de cometer assassinatos tem chamado atenção das autoridades na Índia . Criminosos estão utilizando serpentes peçonhentas em homicídios, para que as mortes sejam confundidas com acidentes. Mais de 60 mil pessoas morrem dessa forma por ano, de acordo com o governo.

O caso mais recente culminou na prisão perpétua de Suraj Kumar, que assassinou sua esposa. Segundo a polícia indiana, ele teria deixado uma naja sem comer por uma semana, para que ficasse mais agressiva.

A ocorrência foi inicialmente tratada como um acidente, mas após denúncias familiares, o criminoso foi exposto. A polícia indiana ainda descobriu que Suraj tinha envolvimento com uma encantadora de serpentes e fez pesquisas sobre o assunto na internet. 

A mesma prática foi usada para a morte de Subodh Devi, assassinada por outra mulher por manter relações com seu marido. Outra prática comum na Índia é colocar uma cobra próxima ao corpo de uma vítima morta, para emular um acidente. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários