Homem mata mulher com uma cobra - imagem ilustrativa
Reprodução
Homem mata mulher com uma cobra - imagem ilustrativa

Um homem indiano foi condenado a prisão perpétua dupla após matar sua esposa com uma cobra. A mulher de 25 anos foi encontrada morta em sua casa em Anchal, Kollam. O caso ocorreu em 7 de maio de 2020 e a sentença foi divulgada esta semana. 

A polícia suspeitou de Sooraj Kumar, de 28 anos, depois que a família de Uthra (esposa), disse que ele começou a assediá-los por um dote, de cerca de US$ 20 mil (mais de R$ 100 mil) que a mulher precisava devolver, além de um carro novo.

Segundo o NY Post, Kumar soltou uma cobra víbora de Russell altamente venenosa em sua esposa Uthra, deixando-a no hospital por quase dois meses, disseram os promotores ao jornal.

A mulher então, foi se recuperar na casa dos pais em Kollam, no estado de Kerala, no sul do país. Durante este período, o marido conseguiu outra cobra de um tratador de cobras e a jogou em Uthra enquanto ela dormia. Dessa vez, a mordida do réptil matou o jovem de 25 anos.

Kumar se declarou inocente, mas a polícia disse que seus registros telefônicos mostravam que ele mantinha contato com tratadores de cobras e assistia a vídeos sobre cobras na internet antes do assassinato.

Leia Também

Ainda, segundo os promotores, o indiano ficou no quarto com sua esposa depois que a cobra a mordeu e continuou sua rotina matinal no dia seguinte.

De acordo com a ABC News, a família de Kumar foi acusada de conspiração depois que parte do ouro de sua esposa foi encontrado enterrado perto da casa dele, dias após o assassinato. 

Sooraj foi preso no final do ano passado e os promotores teriam pedido a pena de morte, contudo, nesta semana ele recebeu prisão perpétua dupla e ainda foi condenado a pagar uma multa de 500.000 rúpias indianas (R$ 36.372,97).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários