Vulcão Cumbre Vieja
Reprodução / CNN Brasil
Vulcão Cumbre Vieja

Nesta terça-feira (12), mais de 700 moradores receberam alerta para deixarem suas casas na ilha espanhola de La Palma, já que a lava do vulcão Cumbre Vieja ameaçava atingir a região onde moram.

Conforme a lava avançava, as autoridades ordenaram que entre 700 e 800 habitantes de La Laguna saíssem de suas casas com seus pertences e animais de estimação, segundo o Plano de Emergência Vulcânica das Ilhas Canárias (Pevolca).

"Fomos obrigados a esvaziar uma nova área. A lava avança lentamente. As pessoas precisam de tempo para levar seus documentos, seus objetos pessoais e qualquer coisa de valor", afirmou Miguel Angel Morcuende, diretor técnico do Pevolca, à agência de notícias Reuters .

Somente nesta terça, 64 movimentos sísmicos foram detectados na região, o mais forte medindo 4,1, informou o Instituto Geológico Nacional da Espanha.

Leia Também

O aeroporto de La Palma continuou aberto, segundo a operadora AENA, mas 11 voos precisaram ser cancelados hoje, além de outros que foram atrasados.

Leia Também

No início desta terça, as autoridades também suspenderam um lockdown ordenado devido a uma nuvem de fumaça que atingiu duas aldeias, permitindo a saída de mais de três mil moradores.

O Cumbre Vieja está em atividade desde 19 de setembro  e já deixou um rastro de destruição na ilha de La Palma . Mais de 1,1 mil casas foram destruídas e quase 600 hectares foram devastados pela lava do vulcão, de acordo com as autoridades. Além disso, serviços de emergências disseram que mais de seis mil pessoas tiveram que deixar suas casas.

Veja fotos do vulcão:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários