Lava do vulcão Cumbre Vieja cai em piscina residencial
Reprodução: Redes Sociais
Lava do vulcão Cumbre Vieja cai em piscina residencial



O vulcão Cumbre Vieja, que ligou o alerta sobre um risco de tsunami no Brasil, ainda deixa um rastro de destruição nas Ilhas Canárias, arquipélago espanhol localizado no oceano Atlântico.

Segundo autoridades locais, o trabalho de evacuação continuou na região nesta quarta-feira (22) - horário de Brasília, sendo que as pessoas estão sendo conduzidas para hotéis e abrigos. Os desabrigados estão recebendo todo o apoio dos bombeiros locais e doações de alimentos. Ao menos, seis mil pessoas tiveram que deixar suas residências. 

Além disso, as autoridades também ressaltaram a necessidade de deixar os serviços de emergência funcionando por 24 horas, bem como manter o raio de exclusão de 2,5 quilômetros dos centros emissores (bocas). A recomendação é feita para minimizar a exposição aos gases do vulcão, além de evitar os fluxos de lava em caso de possíveis deslizamentos de terra e altas temperaturas. Cientistas também salientaram que a queda de cinzas tem efeitos nocivos à saúde.


A área afetada cobre 140,44 hectares. O diretor técnico do Plano de Emergências Vulcânicas de Canárias (Pevolca), Miguel Ángel Morcuende, afirmou que o vulcão ainda está ativo, liberando lava e os dois fluxos continuam avançando, mas muito lentamente - quatro metros por horas -, devido ao aumento da viscosidade e por estar preenchendo os buracos naturais do terreno em que se encontra. Especialistas indicam que ele continuará avançando, mas não há garantia de que chegará ao mar.

O que esperar?

É possível que episódios explosivos como os ocorridos nesta terça-feira (21) se repitam. Dadas o grande fluxo de lava observado no legal, o seu deslocamento pode voltar a ganhar maior velocidade nas próximas horas, de acordo com as autoridades locais. Mas, ainda assim, como dito anteriormente, não há garantia de que a lava chegue até o mar.

Segundo o jornal espanhol "El País", o governo espanhol prepara um plano específico para as famílias prejudicadas pela erupção do vulcão. 

Bombeiro afirma que trabalho de evacuação continua na região 






Chegada de mantimentos, medicamentos e rações para animais



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários