Espanha busca apagar incêndio em Málaga que já dura cinco dias
Reprodução
Espanha busca apagar incêndio em Málaga que já dura cinco dias

Bombeiros na Espanha tentam conter há cinco dias um  incêndio que atingiu a Sierra Bermeja, em Málaga, sul do país. As chamas começaram na quarta-feira e cerca de três mil pessoas que vivem nos arredores precisaram ser evacuadas. Um bombeiro morreu e outro ficou ferido enquanto trabalhavam no local.

Autoridades estimam que cerca de 7.400 hectares já tenham sido destruídos pelas chamas e classificam a ocorrência pelo jargão "incêndio de sexta geração", inédito no país. A expressão caracteriza um grande incêndio florestal que atinge mais de 500 hectares e se destaca por sua extrema agressividade e condições climáticas adversas.

No domingo, Juan Sánchez, diretor do Centro Operativo Regional (COR) do Serviço de Extinção de Incêndios Florestais da Andaluzia (Infoca) disse em entrevista que o caso é o mais complexo já registrado pelas equipes últimos tempos.

"Falamos há muito tempo sobre as consequências do abandono do meio ambiente e das mudanças climáticas. Hoje estamos vivendo elas", ressaltou.


As equipes que trabalham na região esperam que a previsão de chuva para esta segunda-feira auxilie no combate ao incêndio. As altas temperaturas registradas no local nos últimos dias facilitaram a propagação das chamas. É necessário, porém, que o nível de umidade se mantenha, já que os mananciais onde aeronaves buscam água também estão escassos. Na noite de domingo, a mudança na direção do vento também foi favorável ao trabalho dos combatentes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários