Leake trabalha para a construtora Millennium há 14 anos
Reprodução/redes sociais
Leake trabalha para a construtora Millennium há 14 anos

O Corpo de Bombeiros de Indiana, nos Estados Unidos , realizou o resgate, na tarde do último sábado (17), de um trabalhador que entalou num buraco de quase 6 metros de profundidade. Dustin Leake, operário por 14 na área da construção civil. As informações são do jornal Daily Mail.

Os profissionais precisaram bombear mais de 25 mil galões d'água, durante quatro horas, para retirar a água no entorno de Leake.

O rapaz permaneceu submerso até os ombros durante o período de resgate e disse que mal conseguia respirar ou falar enquanto esteve na vala. "Eu não conseguia respirar e não conseguia falar e você sabe, eu apenas comecei a desacelerar minha respiração."

"Você sabe que muitas pessoas têm um susto de vida ou morte que dura 40 segundos. O meu durou quatro horas. Quatro horas. Eu estava com medo pela minha vida", avaliou Dustin.

Você viu?

Aos repórteres locais, o trabalhador explicou que o chão cedeu e "saiu de baixo de mim e antes que eu percebesse, estava preso"

Kevin Jones, Chefe de Operações Especiais do Corpo de Bombeiros de Indianápolis, disse que os familiares realizando um trabalho de tranquilização do acidentado foram fundamentais no sucesso do resgate. "Eles falavam um com o outro e se reagrupavam e voltavam à mentalidade certa para que pudéssemos ajudar".

Em nota, os Bombeiros de Indianápolis afirmou que "o extraordinário trabalho de equipe demonstrado e os esforços de todos os envolvidos hoje - deram a Dustin a melhor chance de um bom resultado".


Leake foi levado de avião para o Hospital Metodista e permanece na unidade até o momento e aproveitou para agradecer aos profissionais que o resgataram. "Eles foram incríveis, além de incríveis."
Até o momento, seu estado de saúde é tido como estável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários