Fogo obrigou pessoas a deixarem suas casas no Oregon, EUA
Foto: US FOREST SERVICE/AFP
Fogo obrigou pessoas a deixarem suas casas no Oregon, EUA

Neste domingo (18), o grande incêndio que devasta o estado do Oregon voltou a crescer. Em meio à seca e a temperatura elevada que afetam o oeste dos Estados Unidos e do Canadá levaram autoridades a ordenar novas retiradas de pessoas dos locais afetados. 

Durante a noite, o Bootleg, o maior dos 80 grandes incêndios ativos nos Estados Unidos, cresceu e passou de 1.100 km² a 1.170 km² de áreas atingidas o equivalente a três vezes o tamanho da metrópole de Detroit, segundo autoridades. As remoções dos locais afetados, que envolvem mais de 2 mil pessoas, continuaram neste domingo.

Segundo informações da agência internacional AFP, com o avanço dos bombeiros no lado ocidental do incêndio, a contenção geral do fogo mais do que triplicou, para 22%. Os fortes ventos e as tempestades elétricas generalizadas, no entanto, continuam representando uma ameaça grave.



Conforme informou o Centro Nacional Interagencial de Bombeiros, quase 20 mil bombeiros e equipes de apoio lutam para conter os incêndios que atingem os estados do oeste, informou. Mais de 10 mil km² de florestas já queimaram neste ano.

No Canadá, bombeiros continuaram trabalhando neste domingo contra dezenas de incêndios, incluindo cerca de 20 novos focos na província de Colúmbia Britânica e outros 15 na de Ontário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários