Casey Garcia se passou pela filha para tentar provar a falta de segurança nas escolas
Reprodução/redes sociais
Casey Garcia se passou pela filha para tentar provar a falta de segurança nas escolas

Uma mãe foi presa, na última sexta-feira (4),  por se passar por sua filha de 13 anos durante quase um dia inteiro no ensino fundamental de uma escola no Texas, Estados Unidos. 

Casey Garcia, de 30 anos,  entrou na escola vestida como a adolescente - com capuz, mochila e máscara facial - para provar um ponto sobre segurança frouxa e postar a experiência em redes sociais a fim de alertar outros pai. 

Garcia postou um vídeo na quinta-feira (3), mostrando como ela entrou  tranquilamente na escola e se passou pela filha Julie para só ser descoberta no fim do período escolar.

“Estive aqui o dia todo, cara a cara com os professores”, disse ela em um dos vídeos. “Eu pareço um aluno do sétimo ano? Não? Impressionante."

As filmagens a mostram caminhando pelo corredor da escola, em certo momento cumprimentando a diretora, que parece não ter ideia de que ela é uma mulher adulta.

Você viu?

Em outros momentos, ela se senta nas salas de aula, almoça em um refeitório e fala com os professores. Durante a maior parte do dia, o único problema que ela encontrou foi ser repreendida por um professor por estar usando o celular. 

Após ser descoberta por um professor, ela se entregou ao diretor. Na sexta feira, Garcia foi acusada de suspeita de invasão criminosa e adulteração de registros do governo. Ela ficou presa sob presa sob fiança de 7.908 dólares (cerca de R$39.000). 

Segundo a mãe, seu objetivo era mostrar a necessidade de uma segurança mais rígida nas escolas.

“Não acho que deveria ter chegado tão longe”, disse ela. “Estou lhe dizendo agora que precisamos de melhor segurança em nossas escolas - isso é o que tentei provar.”

Ela acrescentou: “Isso é sobre nossos filhos e a segurança de nossos filhos”, disse ela. “Isso é tudo que estou tentando fazer é evitar outro tiroteio em massa.”


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários