Joe Biden, presidente dos Estados Unidos
Gage Skidmore/Creative Commons
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos

Os Estados Unidos aplicaram até este sábado (29) 293,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, aponta o o Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC, na sigla em inglês). Cerca de metade da população do país, 167 milhões de pessoas, já tomaram ao menos uma dose. 134 milhões de norte-americanos já estão plenamente imunizados.

Com esse rápido avanço da vacinação - embora haja grandes gargalos entre os estados e municípios -, os EUA aceleram também a flexibilização do isolamento social e a retomada da maior economia do mundo. Com menos restrições e cada vez mais vacinados, a vida normal já é realidade para alguns, cenário que ainda parece muito distante para os brasileiros.

Nas últimas 24 horas, segundo o CDC , foram registrados 802 novos casos do novo coronavírus em todo o País, segundo menor número diário em seis meses.

Após Nova Jersey, Massachusetts também suspenderam neste sábado a exigência de uso de máscara em espaços públicos. Nova York e Chicago anunciaram a reabertura das praias, seguindo a linha da reabertura e das flexibilizações.

Neste fim de semana, que antecede o feriado do Memorial Day, data que homenageia os militares dos EUA que morreram em combate, na segunda-feira (31), o tráfego nos aeroportos do país atingem o maior nível desde o início da pandemia, segundo a Associated Press .

Mesmo com a melhora da pandemia nos últimos meses, os Estados Unidos seguem sendo o país com o maior número de mortes por Covid-19: são 594.302 até este sábado, além de 33.251.524 de casos. No Brasil, como comparação, são 461.057 mil óbitos e 16.071.600 diagnósticos confirmados da doença desde o início da pandemia. Vale lembrar que os EUA têm população de cerca de 328 milhões de pessoas, contra cerca de 211 milhões no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários