Tumulto em festival religioso deixa mortos em Israel; pelo menos 20 pessoas que foram pisoteadas estão em estado grave
O Globo
Tumulto em festival religioso deixa mortos em Israel; pelo menos 20 pessoas que foram pisoteadas estão em estado grave

Serviços de saúde de Israel afirmaram que 38 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas durante um evento religioso superlotado no Norte do país, na noite desta quinta-feira. Pelo menos 20 pessoas estão internadas em estado grave. O jornal Jerusalem Post afirmou, contudo, que o número de feridos passa de 100.

O acidente ocorreu no Monte Meron, na região da Alta Galileia, onde cerca de 100 mil pessoas se reuniram para o festival do Lag Ba’Omer. Segundo testemunhas ouvidas pelo jornal Haaretz, o tumulto começou depois que algumas pessoas escorregaram em degraus, sendo pisoteadas pela multidão que vinha atrás. Inicialmente havia sido informado que o acidente fora provocado pelo desabamento de uma arquibancada.

“Estávamos na entrada, decidimos que queríamos sair e então a polícia bloqueou o portão, então quem queria sair não podia mais. Nessa confusão , começamos a cair uns sobre os outros. Pensei que ia morrer. Eu vi pessoas mortas perto de mim”, declarou uma testemunha ao jornal Maariv.

A festividade ocorre mesmo diante de alertas das autoridades sanitárias, preocupadas com possíveis novas infecções por Covid-19, justamente quando o país começa a retomar a normalidade com a vacinação acelerada e depois de uma série de longos lockdowns. Por sinal, essa é a maior aglomeração ocorrida em Israel desde o início da pandemia.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários