Filhotes de tigre branco morreram com suspeita Covid-19 no Paquistão; animais tinham pulmões danificados
Reprodução
Filhotes de tigre branco morreram com suspeita Covid-19 no Paquistão; animais tinham pulmões danificados

Dois tigres brancos de apenas onze semanas de vida morreram em um zoológico no Paquistão com suspeita de Covid-19.

Quatro dia antes dos óbitos, os filhotes haviam começado um tratamento contra um vírus que atinge felinos. Na autópsia, legistas encontraram graves lesões nos pulmões dos animais e, diante disso, apontaram Covid-19 como provável causa das mortes.

O diretor do zoológico onde os animais estavam confirmou que seis funcionários do local testaram positivo para o novo coronavírus (Sars-Cov-2) , todos sem apresentar sintomas. 

Segundo representantes de uma ONG de defesa dos animais no Paquistão, os animais foram vítimas de negligência, pois, segundo eles, as condições dos locais eram ruins.

Representantes de uma ONG de defesa dos animais no Paquistão apontam que os felinos foram vítimas de negligência, já que as condições do lugar são ruins.

Em abril de 2020, um tigre do zoológico de Nova York também foi infectado pela Covid-19, mas se recuperou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários