Segundo o primeiro-ministro, a segunda onda da Covid-19 no país é muito mais agressiva que a primeira
Divulgação
Segundo o primeiro-ministro, a segunda onda da Covid-19 no país é muito mais agressiva que a primeira

O primeiro-ministro António Costa anunciou nesta quinta-feira (21) a suspensão de aulas em escolas e universidades. A medida visa conter o contágio pela  Covid-19.

O país já está em lockdown deste quinta-feira (14). Ontem (20), foram contabilizadas 221 mortes em decorrência da Covid-19, o que corresponde a um novo recorde diário no país.

Além das escolas e universidades, que ficarão fechadas por 15 dias, os tribunais suspenderam casos não urgentes e igrejas pararam de promover missas públicas.

De acordo com o primeiro-ministro, o surto atual é o pior desde o início da pandemia. Especialistas creditam a agressividade da segunda onda à nova cepa do coronavírus identificada na Inglaterra, que pode ser mais transmissível.

Portugal atualmente tem a maior média de novos casos do mundo: 1.044 para cada milhão de habitantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários