Donald Trump segue sem aceitar derrota para o democrata Joe Biden
Shealah Craighead/Official White House
Donald Trump segue sem aceitar derrota para o democrata Joe Biden

Donald Trump voltou a usar o twitter para acusar suposta fraude eleitoral nas eleições vencida pelo democrata Joe Biden.  Neste sábado (26), o presidente chamou Biden de "falso presidente" e citou as eleições deste ano como "o maior golpe" da história dos Estados Unidos.

"O Departamento de 'Justiça' e o FBI nada fizeram sobre a fraude eleitoral da eleição presidencial de 2020, o maior golpe na história do nosso país, apesar das evidências esmagadoras. Eles deveriam ter vergonha. A história vai se lembrar. Nunca desista", escreveu, em uma série de tuítes publicados.

"Onde diabos está o Relatório Durham? Eles espiaram minha campanha, conspiraram com a Rússia (e outros) e foram pegos. Leia os relatórios Horowitz sobre a Comey & McCabe. Até a o jornal de fake news New York Times diz 'ruim'. Eles tentaram de tudo e falharam, então agora eles estão tentando roubar a eleição!."

Trump ainda usou o Afeganistão como exemplo de país que teve um processo eleitoral mais seguro. "Um jovem militar que trabalha no Afeganistão me disse que as eleições no Afeganistão são muito mais seguras e muito melhores do que as eleições de 2020 nos EUA. A nossa, com seus milhões e milhões de cédulas de correio corruptas, foi a eleição de um país do terceiro mundo. Presidente falso!", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários