papa
Reprodução
Papa Francisco


papa Francisco repassou a populações carentes de Roma 4 mil exames RT-PCR para detectar o novo coronavírus (Sars-cov-2) doados pela Eslováquia.


A iniciativa foi anunciada pelo Vaticano nesta sexta-feira (25) de Natal e é fruto de uma colaboração entre a Esmolaria Apostólica, o Instituto de Medicina Solidária, associação de voluntariado com sede na capital italiana, e a Prefeitura da "cidade eterna".


Por meio de uma nota, o Instituto de Medicina Solidária agradeceu ao Papa e a seu esmoleiro, Konrad Krajewski, "por tudo aquilo que foi possível fazer" graças às suas ações "em defesa das pessoas mais vulneráveis ".



Segundo a entidade, os exames contra o Sars-CoV-2 permitiram o acolhimento de moradores de rua em abrigos de Roma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários