1,2 mil pés de maconha no deserto do Atacama
Reprodução Twitter
1,2 mil pés de maconha no deserto do Atacama

A polícia do Chile descobriu uma gigantesca plantação no Deserto do Atacama, em um perímetro de difícil acesso, localizado a 2,6 mil metros acima do mar.

Segundo a  Radio Bio Bio , foram extraídas do deserto mais árido do mundo 1.253 plantas do gênero cannabis sativa, de até 60 centímetros de altura. Além disso, 1 kg de maconha a granel foi apreendido no processo de secagem.

“A investigação deste caso continuará com o objetivo de reunir todos os antecedentes relacionados a este tipo de plantações e às pessoas que tentam produzir maconha em setores remotos da região", afirmou um promotor local.

Os donos dos pés de maconha construíram uma estrada improvisada para acessarem o local e plantarem a cannabis, dificultando o acesso da polícia local. Lá, mantinham cinco tanques de água de mil litros para regar as plantas, além de estufa para ajudar no crescimento da maconha.

A estrutura foi detectada em sua totalidade por oficiais Carabineros de Atacama, especializados na apreensão de plantas ilícitas.

No Chile, o consumo privado de maconha foi descriminaizado, exceto em vias públicas. A venda e o compartilhamento, porém, não são permitidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários