Na noite deste domingo, ex-presidente jantou em restaurante na fronteira com a Bolívia
Reprodução/La Quiaca Al Dia Noticias / Facebook
Na noite deste domingo, ex-presidente jantou em restaurante na fronteira com a Bolívia

Na noite deste domingo (9),  Evo Morales foi "flagrado" pela imprensa durante jantar com o Alberto Fernández, atual chefe de estado da Argentina, em cidade que fica na fronteira entre as duas nações. Com isso, especula-se que o retorno do ex-presidente ao país deve ocorrer ainda na manhã desta segunda (9).

Segundo informações do jornal La Razón, Morales e Fernández se reuniram com uma comitiva em um restaurante da cidade de La Quiaca, que fica na província de Jujuy. Além deles, estiveram presente Álvaro García Linera, ex-vice-presidente da Bolívia, e Sacha Llorenti, embaixador das Nações Unidas.

O presidente argentino já estava na região, após participar mais cedo da cerimônia de posse de Luís Arce como novo presidente da Bolívia . "Pupilo" de Morales, o novo governante era o candidato do MAS nas eleições do último mês de outubro.

Exilado na Argentina desde o dia 12 de novembro de 2019, Morales foi forçado a deixar a Bolívia após ter seu nome envolvido em denúncias de fraude eleitoral, quando tentou "forçar" sua continuidade na presidência. A saída aconteceu em meio à uma revolução no país, com direito a motim da polícia e inssurgência militar.

Apesar do clima negativo que deixou para trás, a expectativa é de que o retorno ocorra em paz. Nas ruas de La Quiaca , diversas pessoas aguardavam os dois presidentes com cartazes e gritos em homenagem a Morales : "Evo querido, o povo está contigo!".

Ainda de acordo com a publicação, a expectativa é de que Morales atravesse a fronteira e volte a pisar em solo boliviano às 10h do horário local (11h de Brasília). O itinerário deve passar pelas cidades de Villazón, Tupiza e Potosí, de onde o ex-presidente deve pegar um voo até Cochabamba, onde desembarcará na terça-feira (10).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários