Galo
Reprodução/Facebook
Agente integrava força policial da província de Samar Norte, nas Filipinas

Um policial da província de Samar Norte, nas Filipinas , morreu em um acidente bizarro na noite desta terça-feira (27): atacado por um galo enquanto tentava acabar com uma rinha ilegal, o agente acabou atingido por uma afiada lâmina presa a uma das patas do animal.

Segundo informações de um porta-voz da polícia, em entrevista para a rede de TV CNN, o tenente Christian Bolok foi atingido na artéria femoral quando tentava conter o animal após interromper a batalha : "ele foi encaminhado a um hospital da região, mas acabou não resistindo aos ferimentos".

Em nota divulgada pela agência governamental das Filipinas, Arnel Apud, diretor de polícia da provínicia de Samar Norte, lamentou a perda do colega: "sacrificou a própria vida em nome do serviço. Estendemos nosso pesar e condolências aos parentes e amigos de Bolok".

No local, os agentes prenderam três pessoas que participavam da rinha, confiscaram sete galos e recuperaram 550 pesos (cerca de R$ 55). Agora, procuram por outros três suspeitos que conseguiram escapar após a chegada da polícia.

As rinhas ilegais de galos são um antigo problema nas Filipinas. Conhecidas como "tupadas" na região, normalmente ocorrem em subterrâneos para evitar a atenção das autoridades. Desde o último mês de agosto, o "esporte" foi banido por conta da pandemia de Covid-19, uma vez que diversos casos de infecção foram identificados nestes locais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários