Pontífice de 83 anos teve contato com arcebispo que contraiu a Covid-19
Reprodução/Vatican News
Pontífice de 83 anos teve contato com arcebispo que contraiu a Covid-19

O Papa Francisco foi alertado por membros do Vaticano sobre uma possível  exposição ao novo coronavírus (Sars-Cov-2) que ele teria tido após encontrar com o arcebispo australiano Adolfo Tito Yllana, que testou positivo para a doença pouco menos de duas semanas após o encontro.

O Governo da Austrália não confirmou a identidade do membro da igreja católica, mas o Departamento de Saúde do país afirmou que "todos os estados e órgãos internacionais foram notificados" sobre o caso.

A reunião entre os cardeais ocorreu no dia 6 de outubro . Adolfo retornou para a Austrália no dia 9, e teve de cumprir quarentena obrigatória em sua casa. 10 dias após o início do isolamento, o Arcebispo testou positivo para a Covid-19 .

Com 83 anos de idade e com parte do pulmão retirado ainda durante a juventude, Papa Francisco é parte do grupo de alto risco da doença. O Vaticano não se pronunciou sobre o caso.

    Veja Também

      Mostrar mais