homem com copo de cerveja na mão e caído na mesa
Thinkstock
O consumo de bebidas caseiras e contrabandeadas na Turquia tem crescido nos últimos anos

Segundo as informações do jornal local Hürriyet, pelo menos 44 pessoas morreram e outras 50 foram internadas nos últimos quatro dias na Turquia , devido à ingestão de bebidas alcoólicas adulteradas com desinfetantes e outros produtos de limpeza. As informações são da IstoÉ.

De acordo com o jornal local, a província de Esmirna, na costa do mar Egeu , foi a mais afetada, já que teve o registro de 18 mortes , além das internações. Istambul e outras áreas do mar Negro também foram locais impactados pela situação.

Ainda conforme o Hürriyet, as autoridades locais já detiveram 58 pessoas nos últimos quatro dias, acusadas de produção e venda de bebidas misturadas com álcool etílico e metílico. 

O consumo de bebidas alcoólicas caseiras e contrabandeadas tem aumentado na Turquia, nos últimos anos. Isso se deve ao aumento dos impostos que incidem sobre o álcool. A taxação sobre a cerveja foi elevada em 360% nos últimos dez anos, enquanto a de uma bebida local, conhecida como raki, teve alta de 440%.

    Veja Também

      Mostrar mais