Itála
Pixabay
País registrou seis mil novos casos da doença no último sábado.

Em meio a um aumento no número de casos de Covid-19, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou nesta terça-feira (13) um endurecimento das restrições de atividades. As medidas têm como objetivo frear a aceleração na curva de contaminação do novo coronavirus (Sars-Cov-2).

O decreto passa a valer a partir da próxima quarta (14) e proíbe festas em restaurantes, clubes e céu aberto. Casamentos e outras cerimônias podem ser feitos com a presença de até 30 pessoas e a recomendação é de que as pessoas não recebam mais de seis convidados em suas casas por vez.

Além disso, o decreto também aconselha o uso de máscaras dentro de casa quando pessoas que não moram na residência estiverem presentes. Bares e restaurantes podem ficar abertos até a meia-noite, podendo servir pessoas de pé até as 21h. Escolas permanecerão abertas, mas com restrições à atividades fora de sala de aula. Viagens escolares estão proibidas.

Aumento de casos

Na última sexta-feira (9), o número diário de novos casos da doença chegou a 5 mil e ultrapassou os 6 mil no último sábado. Apesar de estrem abaixo do registrado no pico da pandemia, em março, o número de óbitos também tem crescido nos últimos dias, com 39 sendo registrados ontem (12).

    Veja Também

      Mostrar mais