eua
AP / Reprodução
Trump (centro) está com Amy Coney Barrett em entrevista coletiva para anunciá-lana Suprema Corte no Jardim das Rosas da Casa Branca


Enquanto o número de casos do novo coronavírus na Casa Branca crescia na última semana, meios de comunicação, analistas e internautas no Twitter observaram que mais pessoas ligadas ao presidente Donald Trump  foram confirmadoas com Covid-19 . Juntas, elas somaram mais ocorrências do que países como Tailândia, Nova Zelândia e Vietnã.


Em 26 de setembro, uma cerimônia foi realizada no Jardim das Rosas da Casa Branca para alardear a nomeação da juíza Amy Coney Barrett para a Suprema Corte. Como muitos presentes não usavam máscaras ou não praticavam o distanciamento social , uma infecção eclodiu em poucos dias.

Em 1º de outubro, o conselheiro de Trump, Hop Hicks, testou positivo para o novo coronavírus . No dia seguinte, a mesma coisa aconteceu com o presidente e a primeira-dama. Em 3 de outubro, o site Newsweek apontou que 14 pessoas que estiveram no evento de Rose Garden contraíram a doença .

No mesmo dia, Taiwan, Nova Zelândia e Vietnã anunciaram zero novos casos do vírus, totalizando longos períodos - 100 dias ou mais - sem novas ocorrências. No entanto, todos os três países foram interrompidos por novos surtos logo depois.


    Veja Também

      Mostrar mais