casal de mãos dadas após casamento
Unsplash / Jeremy Wong Weddings
O projeto tem como objetivo incentivar o turismo e impulsionar o faturamento do setor de casamentos da região

O governo italiano acaba de aprovar a distribuição de um auxílio de até 3 mil euros , o equivalente a aproximadamente R$ 18 mil na cotação atual) a quem se casar na Sicília , ilha paradisíaca localizada ao sul do país. Segundo a Agência Italiana de Notícias (Ansa), a iniciativa valerá até julho do ano que vem, podendo beneficiar um total de 1,1 mil casais.

O objetivo do programa é incentiar o turismo e impulsionar o faturamento do setor de casamentos da região, que perdeu receita com a pandemia.

“Estima-se que nossa contribuição conseguirá gerar um faturamento total de 40 ou 50 milhões de euros”, afirmou o secretário siciliano de Economia, Gaetano Armao. De acordo com ele, o auxílio terá orçamento de 3,5 milhões de euros e valerá tanto para casamentos civis quanto para cerimônias religiosas.

Estrangeiros podem?

Os critérios para obtenção do benefício ainda serão alinhados. As autoridades não adiantaram se o programa também valerá para estrangeiros.

O secretário de Família da Sicília, Antonio Scavone, disse que, “segundo dados recentes, cerca de 70 mil casamentos foram cancelados na Itália devido à pandemia. O objetivo é dar um incentivo concreto e imediato às empresas do setor e aos casais de noivos”.

A ilha é um dos destinos mais disputados da Itália. A região é conhecida por suas belezas naturais e construções históricas.

    Veja Também

      Mostrar mais