homem falando em microfone
Gage Skidmore / Creative Commons
Terry anunciou que voltará ao seu estado natal

O embaixador norte-americano na China , Terry Branstad, anunciou nesta segunda-feira (14) que deixará o cargo no início do mês de outubro para retornar para seu estado natal, Iowa, informou em nota a representação diplomática em Pequim.

O comunicado ressalta que Branstad já tinha informado ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sua decisão na semana passada.

"Fizemos progressos significativos e não desistiremos de conquistar novos resultados. Estamos reequilibrando a relação EUA-China de maneira que seja igualitária e recíproca e possa alimentar um crescimento positivo entre os dois países", disse o embaixador na nota referindo-se à fase um do acordo comercial entre Pequim e Washington.

Pouco antes da confirmação oficial da Embaixada, o secretário de Estado, Mike Pompeo, havia se manifestado sobre os rumores da saída de Branstad e ressaltou o perfil do diplomata.

"O presidente Donald Trump havia escolhido Branstad pela experiência de mais de 10 anos na relação com a China. Ele o descreveu como a melhor pessoa para representar a administração e defender os interesses e os ideais norte-americanos nessa importante relação", escreveu Pompeo no Twitter.


    Veja Também

      Mostrar mais