Bandeira Afeganistão
Pixabay
Tratativas visam encerrar confronto entre as partes.

Após anos de confronto, o governo do Afeganistão e o Talibã estão reunidos para realizar negociações de paz. As conversas começaram neste sábado (12) na cidade de Doha, no Catar e estão sendo acompanhadas pelo secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo.

A negociação começou um dia após o 19º aniversário do atentado de 11 de setembro de 2001. O episódio foi um dos estopins para o início da intervenção internacional no Afeganistão, que foi liderada pelos Estados Unidos.

O negociador do Afeganistão, Abdullah Abdullah, disse, no início da cerimônia, que quer um “cessar-fogo humanitário”.  “Temos que acabar com a violência e conseguir um cessar fogo o mais rápido possível”, afirmou o negociador.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 100 mil civis morreram ou foram feridos em conflitos ao longo da última década. Os EUA gastaram aproximadamente R$ 4,5 trilhões em despesas militares no país.

    Veja Também

      Mostrar mais