Identificada como Chien, mulher tirou a roupa após ser advertida por levar gato para academia
Reprodução
Identificada como Chien, mulher tirou a roupa após ser advertida por levar gato para academia

Uma mulher de 56 anos, identificada apenas como Chien, levou várias advertências após ir a uma academia de ginástica em Taiwan com o seu gato. O estabelecimento tem tolerância zero a animais nas suas dependências, especialmente por causa da pandemia. A insistência acabou fazendo com que Chien tivesse a matrícula suspensa no fim do mês passado.

Na semana passada, porém, Chien voltou à academia com o mesmo gato. Foi abordada por uma professora, que acabou xingada pela ex-aluna.

"Eu tenho uma arma e uma granada!", ameaçou a taiwanesa, de acordo com o "Daily Star". Em seguida, Chien jogou o gato nas mãos de outro funcionário e disse, dirigindo-se à professora: "Segura o meu gato. Vou bater nela!"

Antes que os seguranças chegassem, Chien tirou a roupa em protesto e caminhou nua pela academia.

A confusão só acabou depois de 30 minutos, com a chegada da polícia. Chien - juntamente com o gato - foi retirada da academia. Vestida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários