Terrorista
Reprodução
Em depoimento, Abdulkadir Masharipov disse ser integrante do grupo Estado Islâmico

Um tribunal da Turquia condenou o terrorista Abdulkadir Masharipov a 40 penas de prisão perpétua e a outros 1.368 anos de prisão pelo atentado durante uma festa de Ano Novo na casa noturna Reina, em Istambul, informou a agência de notícias local Anadolu nesta segunda-feira (7).

O ataque, entre a noite de 31 de dezembro de 2016 e 1º de janeiro de 2017, matou 39 pessoas e feriu gravemente outras 70 dentro de um dos clubes mais famosos da capital turca. O uzbeque foi capturado no dia 16 de janeiro de 2017 e, desde então, aguardava a sentença.

Masharipov confessou o crime durante um interrogatório à época e disse que atuou em nome do grupo terrorista Estado Islâmico.

    Veja Também

      Mostrar mais