Óleo vazou depois que navio colidiu com recife.
Reprodução/Twitter
Óleo vazou depois que navio colidiu com recife.

Através do Ministério do Meio Ambiente, o governo do Japão informou que irá enviar uma equipe de funcionários para as Ilhas Maurício com o intuito de avaliar os danos ambientais causados pelo derramamento de óleo. A informação foi divulgada neste sábado (15).

O derramamento aconteceu depois que um cargueiro japonês atingiu um recife na cosa das Ilhas Maurício em 25 de julho. Ao todo, mil toneladas de óleo foram derramadas, o que provocou um alerta de “emergência ambiental”.

A presidente da Sociedade de Conservação Marinha das Ilhas Maurício, Jacqueline Sauzier, disse que o governo instalou barragens em torno do navio para “conter o vazamento”.

Segundo o governo, a maior parte do óleo já foi bombeada. Entretanto, cerca de 166 toneladas ainda estão dentro do navio e as autoridades trabalham para remover o material. Estima-se que a operação poderá durar meses. O governo francês anunciou que irá auxiliar as ilhas Maurício à retirar o óleo de dentro do cargueiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários