Donald J. Williams responderá por assassinato.
Reprodução Twitter/Kamrel J. Eppinger
Donald J. Williams responderá por assassinato.

Na última terça-feira (11), uma mulher foi morta dentro da sua própria casa pelo ex-namorado enquanto a filha acompanhava as atividades online da escola. O crime ocorreu na região de Indiantown, na Flórida (EUA).

Maribel Rosado-Morales, 32, foi atingida por mais de uma bala e morreu no hospital. O responsável pelo crime foi Donald J. Williams, 27, ex-namorado da vítima. Os investigadores acreditam que houve uma discussão antes do assassinato.

A filha, de 10 anos, não era a única que estava em casa no momento do ocorrido. Outras cinco crianças  — três filhos de Maribel e dois primos — também estavam no local e autoridades acreditam que elas tenham presenciado o assassinato, segundo informações da NBC News . Nenhuma delas ficou ferida.

O xerife William Snyder disse que a professora da menina de 10 anos viu a reação da aluna, que silenciou o seu microfone durante a aula e colocou as mãos nos ouvidos. 

"Quase imediatamente depois que a criança colocou as mãos nos ouvidos, a tela do computador ficou em branco. Sabemos que o computador foi atingido por um projétil", relatou Snyder.

Donald J. Williams confessou o crime e irá responder por assassinato . Ainda não foi definido quem terá a guarda dos quatro filhos da vítima.

    Veja Também

      Mostrar mais