resfriado
FreePick/Divulgação
As células imunológicas - conhecidas como células T -, que reconhecem os vírus comuns do resfriado também reconhecem locais específicos no vírus da Covid-19


Infecções anteriores por vírus do resfriado comum podem "treinar" o sistema imunológico a reconhecer o SARS-CoV-2, o vírus que causa o Covid-19, de acordo com um novo estudo.


O estudo, publicado na revista Science, descobriu que as células imunológicas conhecidas como células T - que reconhecem os vírus comuns do resfriado -também reconhecem locais específicos no SARS-CoV-2 - incluindo partes da proteína "spike", usada para se ligar e invadir as células humanas.

Essa "memória" existente no sistema imunológico pode explicar por que algumas pessoas têm infecções mais leves pelo novo coronavírus em comparação com outras.

No entanto, os autores enfatizam que essa hipótese é "altamente especulativa" e requer mais pesquisas para ser confirmada. Isso ocorre porque não se sabe, exatamente, qual o papel das células T no combate à Covid-19 -, que são apenas parte de um complexo que compõe nosso sistema imunológico.

É possível que essa "reatividade imunológica possa se traduzir em diferentes graus de proteção " contra o novo coranavírus, disse o co-autor do estudo Alessandro Sette, professor do Instituto La Jolla de Imunologia, em comunicado. 

No novo estudo, os pesquisadores analisaram amostras de sangue coletadas de pessoas entre 2015 e 2018, muito antes do surgimento da Covid-19 em Wuhan, China.

    Veja Também

      Mostrar mais