pessoa usa máscara, óculos e roupa impermeável
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Barcelona e região metropolitana ficarão 15 dias em quarentena


Nesta sexta-feira (17), o governo da Catalunha anunciou que irá regredir na reabertura em Barcelona e instaurar nova  quarentena em decorrência do aumento de casos da Covid-19 . Moradores de áreas próximas da região também terão de cumprir isolamento social.


Nas últimas 24 horas, a região teve quase 1.300 novos casos da Covid-19, cujos 68,5% estão em Barcelona e região metropolitana.

A cidade é a maior da Catalunha em termos de população e, no pico da pandemia, foi uma das áreas mais impactadas.

Ao retomar a quarentena, o governo espera que o número de contágios diminua novamente e consiga interromper a transmissão comunitária. Até o momento, Barcelona deve ficar em confinamento por 15 dias.

A medida foi anunciada por Meritxell Budó, ministra e porta-voz da Presidência, que afirmou que essa é a “última chance” de se implementar medidas “drásticas”, já que a pandemia do novo coronavírus segue avançando.

Ela pede que os catalães cumpram com as medidas e façam seu dever como cidadãos.

Com as regras em vigor, voltam as medidas restritivas, que incluem redução de capacidade de bares e restaurantes em 50%, fechamento de casas noturnas e proibição de reuniões com mais de dez pessoas.

A população também não deve se deslocar entre outras regiões e deve fazer distanciamento social . Budó afirmou que os cidadãos devem ficar em casa e sair só quando for essencial.

    Veja Também

      Mostrar mais