Clínica Las Peñitas
Reprodução/Google Maps
Caso aconteceu na Clínica Las Peñitas, em Sucre.

Uma família boliviana protagonizou um episódio bizarro na semana passada depois que a filha de Juan José Muñoz invadiu o necrotério de uma clínica para salvar o pai, que havia sido dado como morto, e o encontrou respirando e com olhos abertos.

O caso aconteceu na Clínica Las Peñitas, na cidade de Sucre, na Bolívia, no último dia 8. Tudo começou quando Juan, 67,  começou a passar mal e foi levado pelos familiares para a unidade de saúde. Como ele possuía histórico de pressão alta, a internação não gerou alardes.

Cerca de duas horas depois do início do atendimento, um funcionário informou que o senhor havia morrido. Sem acreditar, a filha pediu para ver o corpo e teve sua solicitação negada. Entretanto, ela se aproveitou de uma distração e invadiu o necrotério, onde encontrou seu pai respirando e com os olhos abertos.

Ao encontrar seu progenitor, a mulher informou o ocorrido a um funcionário do local que, por sua vez, afirmou que isso é comum em óbitos recentes. Inconformada com a resposta, a filha retirou o pai de lá e o levou para outra clínica.

A demora no atendimento custou uma isquemia a Juan, que agora está em outra clínica. Ele ainda precisa de cuidados médicos, mas está consciente e respirando. A primeira clínica em que o senhor foi internado não se pronunciou sobre o caso.

    Veja Também

      Mostrar mais