Donald Trump
Reprodução/Facebook
Com medida, Trump quer forçar universidades a retomarem aulas presenciais.

Uma ação coletiva movida por 17 estados e pelo Distrito de Columbia tenta reverter um decreto do presidente Donald Trump  que determina a perda de visto para alunos estrangeiros de cursos cujas aulas estão sendo ministradas virtualmente. A informação foi dada pelo jornal The New York Times.

Com o decreto, muitos estudantes seriam obrigados a voltar a seus países de origem durante a pandemia. Segundo a ação, que foi protocolada na cidade de Boston, a possível expulsão iria comprometer a capacidade de estudar.

Segundo o jornal, a parte que moveu a ação representa uma região com mais de 1.100 universidades. Juntas, elas tem 373 mil alunos estrangeiros que pagar aproximadamente R$ 75 bilhões por ano.

Analistas consultados pelo jornal dizem que, com o decreto, Trump quer forçar as universidades a retomarem as aulas presenciais. Além deste processo, o governo da Califórnia as universidades de Harvard e Massachussets Institute of Technology também moveram ações semelhantes.

    Veja Também

      Mostrar mais