Forças armadas afegãs
Reprodução
Bombardeio atingiu mercado na região sul do Afeganistão.

Organização das Nações Unidas (ONU) acusou as forças armadas do Afeganistão de serem responsáveis pela morte de 23 civis durante um bombardeio a um mercado. A acusação foi feita nesta terça-feira (30), um dia depois do episódio.

Através de seu perfil no Twitter, a Missão de Assistências da ONU no Afeganistão, conclusões iniciais indicam que “os morteiros do Exército Nacional Afegão infligiram pesadas baixas entre civis”.

“Várias fontes confiáveis afirmaram que o ANA disparou esses morteiros mortais em resposta a disparos realizados pelo Talibã, errando o alvo pretendido”, completou a Missão.

Na segunda-feira, após a realização do ataque, o comando do exército afegão disse que o Talibã era o responsável pelo bombardeio.

    Veja Também

      Mostrar mais