madeleine
Reprodução
Madeleine desapareceu em 2007 em uma cidade de Portugal


Detetives que investigam o desaparecimento de Madeleine McCann estão convencidos de que identificaram um novo suspeito do crime. 

O alemão, de 43 anos, atualmente cumprindo uma sentença 'longa' de prisão por um crime sexual, não foi identificado pela polícia britânica. Segundo as autoridades, ele morava próximo ao local onde a família da menina estava, na Praia da Luz, em Portugal, na mesma época em que Maddie desapareceu em 3 de maio de 2007.

Veja também: Policiais que mataram George Floyd têm acusações aumentadas

Um promotor público alemão confirmou que o suspeito é pedófilo e que já teve duas condenações anteriores por "contato sexual com garotas" e viveu em Portugal entre 1995 e 2007.

Christian Hoppe, do Departamento Federal de Polícia Criminal da Alemanha (BKA), disse ao canal de televisão ZDF do país que o homem procurou vários empregos casuais na cidade vizinha à de onde a menina sumiu para ganhar a vida.

Mas outras evidências sugerem que ele estava traficando drogas e assaltava hotéis de luxo. A polícia alemã acredita que ele poderia ter entrado silenciosamente no apartamento dos McCann e sequestrado Madeleine.


    Veja Também

      Mostrar mais