ciclone
Reprodução/Nasa
Super Ciclone Amphan motivou evacuação na Índia e em Bangladesh

Pelo menos 80 pessoas morreram após a passagem do Ciclone Amphan, considerado o mais poderoso a se formar na região da Baía da Bengala no século XXI, nesta quinta-feira (21).

Até o momento, dados divulgados pela Índia mostram que há milhares de desabrigados e confirmam 72 mortes. Em Bangladesh, há pelo menos 12 mortos no rastro de destruição. Segundo o canal de notícias AlJazeera, os ventos que atingiram a região ultrapassaram os 185 km/h, arrancando o telhado de casas e causando até mesmo inundações em alguns pontos dos países.

Leia também: Super Ciclone faz Índia e Bangladesh adotarem evacuação em massa

Segundo os governos, evacuações em massa realizadas antes do ciclone chegar com força total ajudaram a salvar milhares de vidas, mas os danos ainda são incontáveis nos dois países. "O impacto desse ciclone é ainda pior do que o do coronavírus", afirmou o Ministro Chefe da região de West Bengal, Mamata Banerjee, em entrevista a um canal local.

A vítima mais nova registrada em Bangladesh foi um menino de cinco anos, atingido por uma árvore que caiu sobre a casa dele. Um voluntário de resgate também morreu afogado no país ao tentar salvar um grupo de pessoas. Pelo menos cinco milhões de pessoas estão sem energia elétrica.


    Veja Também

      Mostrar mais