homem sentsfo em navio
Sea-Watch
Imigrante em porto italiano

Os partidos que formam o governo italiano chegaram a um acordo sobre o projeto para regularizar a situação de trabalhadores estrangeiros cuja permissão de estadia já expirou, especialmente no setor agrícola, ou que perderam o emprego devido à pandemia do novo coronavírus.

O acordo ainda não é oficial, mas fontes de todos os partidos da base aliada confirmaram o compromisso, que também beneficiará cuidadores de idosos ou doentes e empregadas domésticas.

Leia também: Milão diminui isolamento social e moradores dançam nas ruas, veja

A regularização dará uma permissão de estadia temporária de seis meses para o imigrante procurar emprego, desde que ele comprove já ter trabalhado em algum desses setores na Itália.

Caso o estrangeiro já esteja empregado, a solicitação terá de partir tanto dele quanto do patrão. A discussão nasceu por pressão da ministra da Agricultura, Teresa Bellanova, que defendia a regularização dos cerca de 600 mil imigrantes em condição irregular na Itália para garantir a mão de obra no campo. O governo ainda não divulgou quantos estrangeiros podem ser beneficiados pelo acordo.

    Veja Também

      Mostrar mais