Neil Ferguson
Reprodução/Twitter
Neil Ferguson quebrou as regras de lockdown ao receber uma amante.

Um cientista britânico que assessorou o Reino Unido durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) renunciou ao cargo após quebrar as regras do lockdown e receber uma visita de uma amante em sua casa. Neil Ferguson estava auxiliando o governo no combate à Covid-19.

Leia também: China critica EUA por alegar vazamento de laboratório em Wuhan

Ferguson renunciou ao posto depois que a imprensa denunciou que ele teria recebido uma visita durante o lockdown no país. "Lamento profundamente qualquer ato que tenha minado as mensagens claras sobre a contínua necessidade de distanciamento social para controlar esta epidemia devastadora", afirmou.

No momento, o Reino Unido é o segundo país mais afetado pela pandemia com 32.000 mortes causadas pela Covid-19, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Em março, o governo anunciou medidas duras para conter a circulação de pessoas. 

    Veja Também

      Mostrar mais