china
Reprodução
Laboratórios do Centro de Controle de Doenças Wuhan e do Instituto de Virologia Wuhan estariam realizando pesquisas sobre coronavírus



Uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China fez uma crítica contundente, nesta quarta-feira (06) ao secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, por sua afirmação de que o coronavírus que matou centenas de milhares de pessoas em todo o mundo se originou em um laboratório chinês.

A porta-voz, Hua Chunying, apontou para um memorando recentemente vazado por republicanos americanos no Senado, pedindo para atacar a China e seus laboratórios como uma questão de campanha, e disse que o memorando havia desacreditado as alegações do governo.

"Continuar o drama não faz sentido", disse ela. "Aconselho essas pessoas nos Estados Unidos a não ficarem encantadas com seus próprios atos."

Hua lembrou que os EUA encerraram a pesquisa em agosto passado em seu laboratório militar de germes em Fort Detrick, Maryland, o que foi feito após a descoberta de problemas de biossegurança. E ela atacou os Estados Unidos por seu uso durante a Guerra do Vietnã do agente Orange, um desfolhante químico que foi associado a uma ampla gama de possíveis problemas de saúde nas pessoas.

rumores  que laboratórios do Centro de Controle de Doenças de Wuhan e do Instituto de Virologia de Wuhan estão realizando pesquisas sobre coronavírus de morcegos. Ambas as instituições estão baseadas em Wuhan, China, a cidade onde o coronavírus surgiu pela primeira vez.



    Veja Também

      Mostrar mais