Governo da Arábia Saudita é acusado de violar direitos humanos.
Creative Commons/President of Russia
Governo da Arábia Saudita é acusado de violar direitos humanos.

O governo da Arábia Saudita anunciou que irá eliminar a aplicação de pena de morte para infratores menores de idade. Punição era criticada por ONGs e entidades, que acusam, frequentemente, o país de violar os direitos humanos .

Leia também: China retoma aulas de ensino médio com fortes ações de segurança contra Covid-19

A pena de morte foi eliminada para criminosos que foram considerado culpados de crimes quando eram menores. De acordo com o chefe da comissão estatal de Direitos Humanos, Awad Al Awad, uma pena de dez anos de reclusão em um centro de detenção para menores substituirá a antiga punição.

Com o decreto, ao menos seis homens devem ficar livres da pena de morte. Eles haviam sido condenados à morte após participarem de protestos contra o governo quando ainda eram menores de idade

Segundo dados da Anistia Internacional , a Arábia Saudita condenou 184 pessoas à morte em 2019, número recorde no mundo inteiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários