Catedral de Notre-Dame foi atingida por incêndio em abril do ano passado
Reprodução
Catedral de Notre-Dame foi atingida por incêndio em abril do ano passado


Há exatos 365 dias do incêndio que destruiu parcialmente a Catedral de Notre-Dame , o presidente da França, Emmanuel Macron , publicou um vídeo nas redes sociais em que garante que a igreja será reconstruída totalmente em cinco anos.  

“Faremos de tudo para respeitar esse prazo. É verdade que a obra está parada neste momento por conta da crise sanitária, mas será retomada assim que for possível”, disse Macron ao citar a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).  

Segundo o presidente, o incêndio não foi esquecido mesmo se “nossos dias, nossos pensamentos e nossas vidas estejam encurralados” por conta da Covid-19 .

Leia também: ONU, China e outros líderes criticam Trump após corte do financiamento à OMS

As obras foram paralisadas no dia 17 de março por conta do isolamento obrigatório imposto em todo o país para conter o avanço da doença, sendo que a medida foi prorrogada recentemente até o dia 11 de maio.

“Se o restauro de Notre-Dame interessa a todos nós é, sem dúvidas, também porque se trata de um símbolo de resiliência do nosso povo, de sua capacidade de superar desafios e de se reerguer”, disse ainda o mandatário.   

Como forma de lembrar o primeiro ano do incêndio de um dos símbolos arquitetônicos e religiosos franceses, às 20h (15h no horário de Brasília) dessa quarta, serão tocados os sinos da torre sul da Catedral, que permaneceram em funcionamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários