Catedral de Notre-Dame foi atingida por incêndio em abril do ano passado
Reprodução
Catedral de Notre-Dame foi atingida por incêndio em abril do ano passado


Há exatos 365 dias do incêndio que destruiu parcialmente a Catedral de Notre-Dame , o presidente da França, Emmanuel Macron , publicou um vídeo nas redes sociais em que garante que a igreja será reconstruída totalmente em cinco anos.  

“Faremos de tudo para respeitar esse prazo. É verdade que a obra está parada neste momento por conta da crise sanitária, mas será retomada assim que for possível”, disse Macron ao citar a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).  

Segundo o presidente, o incêndio não foi esquecido mesmo se “nossos dias, nossos pensamentos e nossas vidas estejam encurralados” por conta da Covid-19 .

Você viu?

Leia também: ONU, China e outros líderes criticam Trump após corte do financiamento à OMS

As obras foram paralisadas no dia 17 de março por conta do isolamento obrigatório imposto em todo o país para conter o avanço da doença, sendo que a medida foi prorrogada recentemente até o dia 11 de maio.

“Se o restauro de Notre-Dame interessa a todos nós é, sem dúvidas, também porque se trata de um símbolo de resiliência do nosso povo, de sua capacidade de superar desafios e de se reerguer”, disse ainda o mandatário.   

Como forma de lembrar o primeiro ano do incêndio de um dos símbolos arquitetônicos e religiosos franceses, às 20h (15h no horário de Brasília) dessa quarta, serão tocados os sinos da torre sul da Catedral, que permaneceram em funcionamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários