casal de idosos
Reprodução
Giorgio e Rosa venceram juntos o novo coronavírus


Giorgio e Rosa, dois idosos da cidade de Cremona, na Itália, estão c asados há 52 anos e em meio a tantos anos de partilha também enfrentaram juntos o tratamento do novo coronavírus (Sars-cov-2) , após ambos contraírem e serem internados no mesmo hospital. O casal passou o período de internação em quartos separados, mas após apresentarem sinais de melhora os médicos organizaram um reencontro.

Os médicos levaram Rosa até Giorgio, ao se encontrarem novamentes, após semanas de distanciamento, um abraço afetuoso uniu os idosos. Um dos profissionais registrou o momento emocionante que acabou estampado em uma das páginas do jornal da cidade Cremona Oggi  e rendeu até mesmo uma reportagem com os médicos e o casal

Leia também: Em São Paulo, mortes de mulheres em casa dobram durante quarentena

"Giorgio é uma daquelas pessoas a quem não podemos não nos afeiçoar. Ele nunca se lamenta, agradece sempre. A certo ponto, ele nos confessou a tristeza que tinha por querer voltar a casa e para a sua Rosa", declarou a médica Manuela Denti, ao site Cremona Oggi.

Rosa foi a primeira a se recuperar e receber alta, já Giorgio está internado desde o dia 17 de março, pois apresentou complicações e indícios de um princípio de pneumonia .

"Eu e minha colega Carla Garello (chefe de cirurgia) não hesitamos por um momento. Concordamos em fazê-los se encontrar, surpreendentemente. Foi um daqueles momentos que não se esquecem. Nenhum de nós conseguiu conter as lágrimas. Eles se abraçaram muito, trocaram palavras doces, foram dez minutos de ternura em que se quiseram assegurar que o outro estava bem de saúde. Esperamos que Giorgio se junte a Rosa depressa. Ele também não vê a hora de revwer Willy, o cão que vive com eles há 17 anos", disse Manuela Denti.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários