destruição arrow-options
David Hartmann / Twitter / Reprodução
Tornado deixou rastro de destruição e mortes

A série de tempestades que atingiu o Sul dos Estados Unidos na noite do domingo (12) e ao longo da segunda-feira (13) deixou um rastro de destruição e pelo menos 32 pessoas mortas em seis estados.

Segundo o serviço local de meteorologia, a região do Mississippi foi uma das mais atingidas pelos tornados, registrando fenômenos com mais de uma hora de duração que arrastaram telhados de casas e derrubaram moradias inteiras por cerca de 160 quilômetros.

Leia também: Tornados matam pelo menos seis pessoas nos Estados Unidos

O Mississippi também é o estado com maior número de mortos, registrando 11 vítimas fatais até a manhã desta terça. O lugar com segundo maior número de vítimas é a Carolina do Sul, com nove mortes.

As tempestades também atingiram, em menor escala, a costa leste dos Estados Unidos, afetando residências e arrastando árvores em Nova York, um dos pontos mais afetados pelo novo coronavírus. Em algumas áreas do estado, a falta de energia afetou milhares de pessoas.

Leia também: Operário fica preso a 100 metros do chão durante tornado e faz vídeo assustador

"O Monitoramento das tempestades está em curso e continuará assim ao longo da semana", afirmou o serviço de previsão do tempo norte-americano. Não há um número estimado de pessoas desabrigadas, mas a orientação dos estados é de que desabrigados usem máscaras para se locomover até abrigos públicos e coletivos.


    Veja Também

      Mostrar mais