Atingida pela Covid-19, Guayaquil abrirá dois novos cemitérios
Reprodução/Google Maps
Atingida pela Covid-19, Guayaquil abrirá dois novos cemitérios

A prefeita de cidade de Guayaquil , Cynthia Viteri, no sudoeste do  Equador , afirmou nesta terça-feira (14) que nem mais os vivos têm espaço no país em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O município tem sido um dos que mais tem sofrido com a crise da Covid-19 , fazendo com que o sistema funerário, hospitais e cemitérios entrassem em colapso e corpos fossem abandonados nas ruas. "Não há espaço nem para vivos, nem para mortos", diz sua prefeita, Cynthia Viteri.

Em entrevista à AFP , a advogada, de 54 anos, foi uma das pessoas que superou a infecção pelo coronavírus. Mas ela está à frente de uma nação que não conseguiu o mesmo feito. Com 2,7 milhões de habitantes, a cidade concentra 71% dos casos detectados no país, incluindo 369 mortos.

Leia também: Casos confirmados da Covid-19 chegam a 2 milhões no mundo; mortos são 130 mil

Para as próximas semanas, autoridades locais prevêm até 3.500 mortes na província de Guayas, da qual Guayaquil é capital.

Você viu?

Embora reconheça sua responsabilidade na propagação da Covid-19, a prefeita defende que Guayaquil não deve ser tratada como "vilã".

"Não somos os vilões do mundo. Somos as vítimas de um vírus que chegou pelo ar. Nesta mesma cidade, em 1842, um vírus chegou pela água do Panamá, houve a febre amarela e os mortos eram enterrados em valas comuns", disse Cynthia.

Leia também: Governo do Chile contabiliza mortos pela Covid-19 como curados

"Agora, vivemos algo que nenhum de nós viveu. Ninguém estava preparado para isto. A responsabilidade é de todos, porque ninguém esperava o que aconteceu no Equador, muito menos em Guayaquil", completou.

Nas redes sociais, vários vídeos circularam mostrando corpos de pessoas jogados nas ruas da cidade. Segundo usuários, muitos deles também estavam sendo abandonados dentro de casas pelo medo que a população tinha de recolhe-los por risco de contaminação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários