Em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2), o Rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, de 67 anos, quebrou o isolamento para viajar e comparecer a uma festa. 

Leia também: São Paulo: número de mortos por Covid-19 subiu 158% em uma semana

Rei da Tailândia
Reprodução
Rei da Tailândia

Leia também: Como ser voluntário em pesquisa contra a Covid-19 através do seu computador

O Rei da Tailândia , que se isolava na Alemanha, viajou a bordo de um jato da Thai Airways para celebrar o Dia do Chakra - um feriado anual nacional que marcou o nascimento de sua dinastia Real em 1782. Ao chegar em Bangkok, ele foi recebido pelo primeiro-ministro Prayut Chan-ocha e pelo chefe da as forças armadas, Apirat Kongsompong. Após isso, eles se acomodaram e participaram de um banquete.

Leia também: Covid-19: hospital de campanha do Pacaembu registra primeira morte

O Rei da Tailândia , que estava isolado com 20 amigas em um hotel alemão, fez a viagem de ida e volta em apenas 24 horas. Ele voou da Baviera até Zurique para buscar sua esposa, a Rainha Suthida, e em seguida partiu para Bangkok. Após a festividade ele deixou a soberana na mesma cidade e retornou ao seu harém no Grand Hotel Sonnenbichl.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários